Connecting...

W1siziisijiwmtkvmdcvmzavmtcvmjavntavmzc3l0jsb2d2mi5wbmcixsxbinailcj0ahvtyiisiji1mdb4mzawiyjdxq
W1siziisijiwmtkvmdcvmzavmtcvmjavmzmvnjuvchjvy3vyyw5kbyblbxbyzwdvihzlbmrhcyblig1hcmtldgluzy5qcgcixsxbinailcj0ahvtyiisijewmdb4ndawxhuwmdnlil1d

Como criar oportunidades de emprego em marketing e vendas?

Ao longo do primeiro semestre desse ano, algumas oportunidades de trabalho surgiram no mercado de marketing e vendas. Apesar do otimismo em que começamos o ano, a economia se manteve estagnada. Contudo, vários profissionais souberam observar os setores em desenvolvimento, acompanhar as mudanças de cenário, manter a rede de networking ativa e conseguiram criar oportunidades para se recolocar.

 

Acompanhando essa movimentação, decidi escrever sobre como fazer um estudo macroeconômico da sua área de atuação e sobre como os profissionais podem criar oportunidades de emprego mesmo quando o mercado está estagnando.

 

#1 – Acompanhe as notícias: O primeiro passo, para quem deseja entender as movimentações do mercado de trabalho, sem dúvida, é acompanhar o noticiário econômico e político todos os dias. Ler sobre esses assuntos e observar como cada pequena movimentação interfere no dólar, no crescimento econômico, no ânimo dos investidores e nas decisões das maiores empresas do país. Parece difícil, mas na verdade, depois de algumas semanas você naturalmente vai conseguir conectar alguns pontos e perceber como as coisas se conectam.

 

#2 – Observe como se comporta sua área de atuação: Se o primeiro passo é acompanhar o mercado como um todo, o segundo é observar exclusivamente o seu setor de atuação. Seja bens e serviços, indústria automotiva, tecnologia, óleo e gás, beleza, saúde ou farmacêutica, não importa. Procure por notícias segmentadas, prestando atenção em como as maiores empresas do seu segmento estão trabalhando. Se estão em crise, se estão demitindo, se estão inovando, buscando investimentos, comprando outras empresas. Nesse ponto, vale ir além dos veículos tradicionais de comunicação e acompanhar  também o site, rede sociais e até o perfil dos executivos.

 

#3 - Volte a sua atenção para sua área de especialização: Observe se estão surgindo vagas com o seu perfil profissional. Em que tipo de empresa? Em que nível hierárquico? Quais as competências e especializações o mercado está demandando? Aqui na Trend Recruitment, nosso foco é recrutar para marketing e vendas cargos de meio e topo de pirâmide. Nesse primeiro semestre de 2019, observamos uma demanda crescente para três cargos específicos: gerente de desenvolvimento de negócios, gerente de marketing digital e gerente de branding.

 

Essas foram as três vagas para as quais mais recrutamos até agora. O profissional “gerente de desenvolvimento de negócios” ou comumente conhecido como business development manager, é uma demanda bem aquecida, já que esse profissional dedica-se a gerar resultados imediatos, desenvolvendo negócios e cavando oportunidades. É um profissional indispensável mesmo em momentos de retração econômica.

 

Na área de marketing, o gerente de marketing digital tem se destacado, uma vez que a presença online se torna crescente para as empresas. Mesmo quando o budget para investimento em marketing está curto, essa área continua recebendo verba (principalmente quando existe um foco em ações com retorno mais imediato, seja aquisição ou retenção de clientes), fazendo com que os profissionais com essa especialização continuem sendo relevantes para a companhia.

 

Já o gerente de branding é uma cadeira reservada para momentos de otimismo e expectativa de melhora do mercado. Esse profissional costuma ser um investimento de longo prazo. Ele vai pensar estratégias de comunicação e posicionamento de marca. São ações , que ajudam o crescimento da empresa de maneira mais gradual. É um profissional que costuma ser demando quando a crise está chegando ao fim e a empresa começa a se preparar para uma retomada do crescimento.

 

#4- Qualifique-se a todo o instante: Depois de entender as movimentações e acompanhar os cargos aquecidos, está na hora de se qualificar para preencher essas vagas. A qualificação é indispensável e, às vezes, o que separa um bom profissional de uma vaga são cursos de atualização e fluência em outros idiomas, principalmente inglês. Manter-se um profissional desejado pelo mercado de trabalho significa estudo e atualização constante.

 

#5- Aqueça sua rede de contatos: Por fim, o networking. Sua rede de relacionamento é, sem dúvida, a ponte mais próxima para o seu próximo emprego. Parece uma dica batida, mas o fato é que são suas conexões profissionais que te diferenciam frente a outros candidatos. Sobre esse tema, temos vários artigos no blog da Trend e te convido a explorar o assunto de maneira intensa. Por lá, você encontra temas como: 7 dicas para esquentar a rede de contatoscomo ativar os networking para aproveitar as oportunidades, como fazer benchmarking de carreira, entre outros assuntos que vão te guiar na busca por novas oportunidades de emprego.

 

Criar oportunidades e estar pronto para preencher vagas é uma tarefa que exige esforço e dedicação dos profissionais, mas acredito que a recompensa por manter-se ativo no mercado e informado, são os diferenciais que levam bons profissionais a não experimentarem o desemprego durante muito tempo.

Você também pode gostar de: dicasdecarreira